APP VE
DIVISAS DISPONIBILIZADAS PELO BNA EM NOVEMBRO

Vendas atingem 92% do previsto

03 Dec. 2019 Mercado & Finanças

MERCADO CAMBIAL. Depois de disponibilizar acima de 90% das divisas que perspectivou em Novembro, BNA vende na primeira semana de Dezembro quase 50% do que prometeu para todo o mês.

 

 

Vendas atingem  92% do previsto

O Banco Nacional de Angola disponibilizou, em Novembro, 175 milhões de euros e 314,7 milhões de dólares, perfazendo no global cerca de 460,9 milhões de euros. A soma representa cerca de 92,1%% dos 500 milhões de euros que o banco central previu colocar no mercado.

E mesmo com a oferta do BNA a ficar cerca de oito pontos percentuais abaixo do previsto, os bancos comerciais não adquiriram a totalidade das divisas disponibilizadas. A banca comprou 145,3 milhões de euros e 267,7 milhões de dólares. Ou seja, 83% da oferta em euros e 85% da disponibilidade em dólares. 

As ‘sobras’ registaram-se, sobretudo, nas primeiras cinco sessões do mês. Nesta altura, foram colocados 100 milhões de euros (20 por leilão), mas o montante efectivado foi de 70,3 milhões, ou seja, 70,3%.

Nas sessões seguintes, os bancos comerciais foram adquirindo a totalidade das divisas disponibilizadas, à excepção do penúltimo leilão em que o BNA ofecereu 100 milhões de dólares , com os bancos a adquirirem apenas 53 milhões.

A incapacidade dos bancos de adquirirem a totalidade das divisas é atribuída, entre outras razões, à obrigação de aumento de 17% para 22% do coeficiente das reservas obrigatórias em moeda nacional.

…E 50% de dezembro na primeira semana

Para a primeira semana de Dezembro, o BNA promete vender 250 milhões de dólares, distribuídos em 50 milhões por leilão. O valor que o banco central se propõe disponibilizar até 6 de Dezembro representa cerca de 45,4% do global que, em final de Outubro, estimou disponibilizar em Dezembro.

O BNA perspectivou vender 1.000 milhões de euros repartidos nos dois últimos meses do ano, tendo considerado, entretanto, a possibilidade de ajustes conforme as dinâmicas da economia e do mercado.