APP VE
112 famílias participam na campanha no Bié

600 mil hectares para o novo ano agrícola

AGRICULTURA. Governo do Bié promete a camponeses 12 mil toneladas de adubos compostos, mil charruas de tracção animal e 1.500 cabeças de gado bovino. Autoridades esperam colheitas de 840 mil toneladas de produtos diversos.

600 mil hectares para o novo ano agrícola

Pelo menos 600 mil hectares de terra estão a ser preparados no Bié, para a época agrícola 2019/2020, representando 20 mil a mais que na edição anterior, garantiu o director do gabinete provincial da Agricultura e Florestas, Marcolino Rocha Sandemba.

À imprensa, na semana passada, o governante sublinhou que, face aos investimentos realizados, o Governo espera uma colheita na ordem das 840 mil toneladas de produtos diversos, o que, a ser alcançado, vai perfazer pouco mais de 50 mil toneladas em relação à época anterior.

A época agrícola em curso conta com a participação de 112 famílias, todas apoiadas pelo Governo, com a entrega de ‘inputs’. As autoridades disponibilizaram também um kit de desmatação com máquinas pesadas e 50 tractores agrícolas, que resultaram na constituição de 10 brigadas de mecanização agrícola, distribuídas por todos os municípios da província.

Também presente no acto de abertura, o governador Pereira Alfredo assegurou que, da parte do governo local, os camponeses vão beneficiar de pouco mais de 12 mil toneladas de adubos compostos, mil charruas de tracção animal, 700 carroças de traçcão animal, bem como 1.500 cabeças de gado bovino, além de enxadas entre outros meios.

O Bié tem uma população estimada em 1,450 milhões de habitantes, maioritariamente camponesa, que se dedica à produção de milho, feijão, mandioca, arroz, batata-rena, batata-doce e hortícolas diversas.