15 NA REGIÃO NORTE

Fresmart projecta 21 novas lojas até 2022

25 Aug. 2021 Empresas & Negócios

COMÉRCIO Empresa assegura estar a negociar os espaços que vão suportar a expansão da rede. Luanda e Norte do país são os alvos imediatos, mas a meta é cobrir a totalidade das províncias.

Fresmart projecta 21 novas lojas até 2022

Fresmart, uma rede de lojas de proximidade com foco na venda de produtos da cesta básica, prevê sair de 19 para 25 lojas em Luanda até ao fim deste ano, num investimento médio unitário de 340 milhões de kwanzas, ao mesmo tempo que projecta a abertura de outras 15 no corredor Norte do país, em 2022, totalizando 21 novas unidades.

Hélder Inácio, director de operações da Fresmart, explica que a empresa está a negociar espaços que permitam, em termos logísticos, oferecer ao nível das lojas existentes, apontando para uma “motivação enorme para continuar a expandir”, através de operação que deverá incluir pontos intermédios de armazenagem para facilitar o abastecimento com produtos frescos.

Com apenas uma loja fora de Luanda, por enquanto, mais concretamente no Dundo, Inácio relata a missão “desgastante e desafiadora” de abastecimento da unidade da Lunda-Norte, face ao “péssimo” estado da estrada. “Todos os dias, sai um camião para levar produtos frescos, num dia que sai um o outro ainda não chegou”, conta o responsável da Fresmart, que assegura, entretanto, a continuidade da operação, justificando-se com o conhecimento prévio da “grande incerteza” do processo, em resultado das dificuldades identificadas.

Hélder Inácio lamenta, por outro lado, a carência de alguns produtos nacionais, razão por que o grupo está a investir num aviário no sentido de pôr fim às necessidades de ovos e frangos. “Falta capacidade de produção local que sirva às nossas necessidades, sentimos isso nos produtos frescos, legumes e frutas, que nem sempre temos necessário para as nossas vendas”, precisa.

Detida pelo grupo Newaco e com quatro anos de existência, a Fresmart emprega 900 trabalhadores.

 

X