Banco BAI

Adaptar o seu negócio às entregas

22 Apr. 2020 Valor Económico Gestão

INOVAÇÃO. Se 2019 já havia registado um aumento de 28% de consumidores a requererem serviços de entrega, com o advento da Covid este ano, esse aumento saltou para cerca de 60% só no primeiro semestre. Com os consumidores cada vez mais voltados para ficar em casa, as entregas podem ser a salvação de muitas empresas principalmente no ramo da restauração e distribuição. Siga estes passos e estude a possibilidade de o serviço de entregas ajudar a potenciar o seu negócio.

 

Adaptar o seu  negócio às entregas

Avalie os números

Antes de investir tempo e dinheiro a adaptar o seu negócio avalie o custo/beneficio e parta de um princípio de que a operação de entrega pode ter um custo de entre 25 e 30% das suas vendas. Considere a terceirização já que esta é uma operação fora do core da sua empresa. Não avance sem ter certeza de que é a melhor opção para o seu negócio.

Pense na ‘entregabilidade’ do seu produto

Nem todos os produtos podem ser adaptados para sobreviver a um processo de entregas. No mundo da restauração por exemplo há comidas que são confecionadas para consumo no momento e que assim que esfriam perdem qualidade. Pense nas variáveis de resistência ao transporte e se as alterações que poderão ocorrer no produto valem o esforço ou se podem perigar a qualidade do seu serviço e a sua marca. 

Considere o uso de materiais que isolam

A aposta em utensílios e plásticos de transporte que isolem e garantam segurança (e que ninguém lhes mexeu pelo caminho), podem fazer toda a diferença em termos de confiança do cliente no seu produto de entrega. Há sacos selados que se previamente abertos o cliente terá conhecimento, alternativamente use fita-cola com a sua marca, que se vê, caso tenha sido descolada pelo transportador. O transporte de bebidas pode ser particularmente difícil pelo que termos ou copos com tampa rígida podem ser a melhor solução.

Identifique um espaço para a nova operação

Pode parecer fácil mas a operação de entregas vai introduzir novas dinâmicas na operação normal do seu negócio. Pense no espaço onde quer que os transportadores recebam a mercadoria para entregar sem impactar a sua operação corrente, sem circular entre clientes e/ou funcionários internos, mas mantendo a necessária ligação. Pense em equipamento necessário, desde bancadas, cacifos, telefones ou walkie-talkies, estações de carregamento e etcs.

Verifique o acondicionamento do seu produto

Enquanto por exemplo comida quente vai beneficiar de uma mochila térmica, se o seu produto de entrega for um fresco, ou até uma peça de roupa, o calor excessivo vai ser prejudicial ao acondicionamento. Existem no mercado mochilas ou caixas que pode adaptar às necessidades dos seus produtos por exemplo parcializando uma zona de frios outra de quentes na mesma mochila. Pesquise.

Adapte as entregas ao que serve melhor o seu negócio

Se o seu negócio depende de horários rígidos adapte o serviço de entregas ao que serve melhor a sua agenda por exemplo limitando o horário para recepção de encomendas. Se por dia o seu negócio engoma 50 lençóis por exemplo, limite o número de encomendas da sua engomadoria à capacidade de entrega na data marcada, ou se o seu restaurante faz 60 saladas dia, limite o número de pedidos ao tempo em que normalmente recebe 60 pedidos. 

 

X