Girabola Zap
Banco BAI

Avicultura ‘rústica’ em Malanje

Avicultura ‘rústica’ em Malanje

Pelo menos, 2.400 pintos rústicos foram distribuídos a 200 famílias vulneráveis dos municípios de Malanje e Mucari, no quadro do projecto de fomento avícola, que vai atingir todos os municípios quando forem entregues perto de 9.600 aves.

Carlos Chipoia, director do gabinete provincial da Agricultura e Pescas, assegurou que cada família recebeu 12 pintos. “A ideia tem que ver com a produção de ovos e frangos, o que se pode traduzir também na redução da pobreza”, defendeu.

Nos próximos dias, a distribuição avança para os municípios de Quirima, Massango, Kiwaba Nzoji e Calandula, “num processo que será paulatino até se atingirem os 14 municípios da província”. Na primeira fase, segundo o director, a província recebeu, no início deste mês, 9.600 pintos, que serão distribuídos a cerca de 800 famílias, prevendo-se para a segunda fase a recepção do ministério de tutela de outras 21 mil aves, a serem entregues a um número alargado de famílias.

O projecto de fomento da avicultura familiar é um dos desafios do Ministério da Agricultura e Pescas, que tem por finalidade o aumento da produção interna e a redução das exportações.