Kwanza estável desde o ano passado

BNA elogia gestão cambial e equilíbrio na taxa de câmbio

O Banco Nacional de Angola (BNA) acredita que a gestão do mercado cambial e da política monetária permitiu “alcançar ganhos significativos” na economia. De acordo com um relatório sobre a evolução do mercado cambial do BNA, apresentado ontem, a taxa de câmbio do kwanza contra o dólar evoluiu em direcção ao “equilíbrio, sendo visível uma desaceleração da sua depreciação no final do ano de 2020".

BNA elogia gestão cambial e equilíbrio na taxa de câmbio

A moeda nacional registou uma estabilização no início de Novembro de 2020 em torno de  650 kwanzas face ao dólar e manteve-se nesse nível até à data da elaboração deste relatório, a 30 de Janeiro. “Quanto ao valor do kwanza contra as principais moedas do comércio internacional, verifica-se que, com as reformas adoptadas, foi possível reduzir a forte sobrevalorização do kwanza face a essas moedas, evidenciado através da redução do hiato da taxa de câmbio real efectiva (TCRE), que passou de 59,0% no início de 2016 para apenas 2,3% no final de 2020, aproximando-se assim do seu valor de equilíbrio”.

O documento apresentado pelo BNA destacou também que a implementação de plataforma de negociação de divisas FXGO permitiu ao banco central reduzir significativamente a sua participação no mercado cambial e contribuiu para determinar uma taxa de câmbio muito representativa do mercado.

As Reservas Internacionais Brutas fecharam 2020 com uma cobertura das importações de 12,2 meses contra 9,3 meses no final de 2019. E as Reservas Internacionais Líquidas fecharam o ano acima do mínimo estabelecido ao abrigo do programa do Fundo Monetário Internacional (FMI), de 8,09 mil milhões de dólares.

 

 

 

X