Seis meses

BNA estabelece moratória para empresas regularizarem crédito

As empresas nacionais mais afectadas pelo impacto da pandemia da Covid-19, desde Março do ano passado, terão seis meses de moratória para pagar os empréstimos bancários.

BNA estabelece moratória para empresas regularizarem crédito

A medida consta de um novo instrutivo que o Banco Nacional de Angola (BNA) vai publicar nos próximos dias, a fim de ajudar a tesouraria das empresas.

O governador do BNA, José de Lima Massano, explicou que terão acesso à essa moratória, empresas ligadas aos sectores mais afectado pela Covid-19.   

Entre estes sectores destacou o dos Transportes, cuja operações estão em situação irregular no sistema financeiro que desde o início da pandemia, até à data, evolui de 9% para 21%", indicou.

Outro sector, apontou, é da Hotelaria, Turismo e Restauração que regista uma evolução muito acentuada do crédito malparado tendo passado de 26% para perto de 42%.

Os sectores da Cultura, Desporto, Educação também poderão junto dos bancos negociar moratórias de até seis meses para liquidar as divididas.

  

 

 

X