Anúncio de subscrição
SILÊNCIO DO GOVERNO

Boeing ‘risca’ TAAG das entregas para 2022

AVIAÇÃO. Construtora norte-americana continua a considerar o contrato para o fabrico de oito aeronaves, apesar de as autoridades angolanas se terem remetido ao silêncio desde Abril de 2018. Entregas estavam previstas inicialmente para entre 2020 e 2022.

 

Boeing ‘risca’ TAAG das entregas para 2022

Depois de reprogramar para 2022 a entrega das duas primeiras aeronaves encomendadas pela TAAG, a construtora Boeing volta a mexer no calendário e a encomenda da transportadora nacional não consta da lista de ‘encomendas e entregas’ da fabricante norte-americana, para este ano.

A alteração é forçada pelo silêncio a que a TAAG se remeteu desde Abril de 2018, depois de o Presidente da República cancelar a autorização que tinha concedido, em Janeiro do mesmo ano, ao ministro dos Transportes “para celebrar contratos de compra e venda de aeronaves com as empresas Boeing e Bombardier”.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.