ANGOLA GROWING
César Silveira

César Silveira

Editor Executivo do Valor Económico

Antigo director do Inadec evita fugir a responder a algumas questões, mas não hesita, ele próprio, em lançar perguntas. Entre elas, questiona a utilidade de duas instituições que têm o mesmo perfil e fazem a mesma coisa. Por isso, Diógenes de Oliveira defende a fusão da Aniesa com o Inadec. Confessa sentir que deixou a Aniesa sem cumprir a sua missão. 

CRÉDITO. Fonte governamental justifica o aumento com a melhoria do risco do país na percepção da instituição financeira africana. País coloca-se assim em sétimo no conjunto dos beneficiários da África austral. Titular das Finanças deixa de ser o governador de Angola junto do BAD e do Banco Mundial. Planeamento toma o lugar.

EXCLUSIVO. Jorge Silva questiona o facto de não ter sido notificado pelo Fundo de Garantia de Crédito sobre o pagamento da dívida ao banco e assegura que não se vai calar, tendo em conta que se fez “muita coisa debaixo da mesa”. Empresário recorda proposta “suspeita” do Fundo e lembra que escreveu à IGAE e à PGR, mas sem sucesso. 

ENTREVISTA. Antigo director-geral da Cobalt Angola considera “excelente” ideia do Ministério dos Petróleos de fomentar a transformação da matéria-prima localmente, mas considera-a uma “utopia”. Sobre o recente acordo entre a ANPG e a Total que envolve os campos Cameia e Golfinho, no Bloco 20/11, António Vieira não tem dúvidas de que o povo “angolano foi espoliado”.