CNE
Reclamações persistem

Casas de câmbio desvalorizam limite das vendas de moeda estrangeira

A recente actualização do Banco Nacional de Angola (BNA) que eleva o limite de venda de moeda estrangeira, em notas ou para o carregamento de cartões pré-pagos, de 2 mil para 5 mil dólares mensais não terá grande impacto sobre as casas de câmbio.

 

Casas de câmbio desvalorizam limite das vendas de moeda estrangeira

Este é, pelo menos, o entendimento dos administradores da Câmbio Fernandes e da Câmbio Lubongo que se explicam com a fraca procura, resultantes da crise económica agravada pela crise pandémica.

“O angolano está descapitalizado, há quem não consiga sequer metade deste valor por mês. A maioria das famílias angolanas baixou [em termos de transferência] para 500, no máximo 1.500 euros por mês. O poder de compra baixou muito, inclusive muitos tiveram que mandar seus familiares regressar para Angola”, explica Carlos Fernandes, da Casa Fernandes.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.