Em Malanje

Empresários têm acesso a regime fiscal diferenciado

Os empresários que estão a investir em Malanje, em particular no domínio da agricultura, podem beneficiar, em breve, de um regime fiscal diferenciado, mais simples e menos oneroso, comparativamente a outras regiões, como é o caso de Luanda.

Empresários têm acesso a regime fiscal diferenciado

A informação foi avançada, em Malanje, pelo ministro da Economia e Planeamento, Sérgio dos Santos, que cumpre, uma visita de trabalho de três dias, cujo o objectivo foi o de radiografar os grandes projectos agrícolas implantados na província.
Sérgio Santos realçou ser Malanje, de acordo com a Lei do Investimento Privado, das zonas mais favoráveis para dispôr de maiores incentivos fiscais à excepção de Cabinda, sendo, porém, necessário o registo dos investimentos na Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX).

Acrescentou que, o Governo está, igualmente, a trabalhar para resolver os problemas de títulos de concessão de terras, alguns dos quais já estão disponíveis e outros vão ser atribuídos a posterior.

O ministro da Economia e Planeamento destacou também os esforços que estão a ser desenvolvidos no âmbito do Projecto "Minha Terra”, concebido pelo Ministério do Ordenamento do Território.
"Agora, precisamos transmitir essas boas notícias aos empresários para trabalhar com eles, fazendo acontecer estes projectos do Governo de simplificação, aumento dos benefícios e  ver como podemos desfazer alguns constrangimentos que ainda existem”, referiu.

Sérgio Santos garantiu mais apoios do Executivo aos empresários e empreendedores interessados em apostar na produção agrícola para a transformação dos campos de cultivo a diversificação da economia nacional.
Conforme disse o ministro, isso é extremamente viável e o Governo vai suportar, facilitar e ajudar a encontrar os meios de acesso ao crédito para os empresários agrícolas.

 

X