Anúncio de subscrição
Seguradora pública e banco britânico em conversações

Ensa quer continuidade do Standard Chartered Angola e não descarta mudança da marca comercial

08 Jun. 2022 Mercado & Finanças

Banca. Parceiro angolano assegura a existência de investidores estrangeiros interessados em comprar as accções do Standard Chartered no país. Banco, participado pela seguradora pública, poderá mudar de nome.

Ensa quer continuidade do Standard Chartered Angola e não descarta mudança da marca comercial

 

Após ser apanhada de surpresa pelo parceiro britânico com a decisão unilateral de retirar-se do Standard Chartered Angola, em que os angolanos detêm 40%, a Ensa está na mesa das negociações para garantir a continuidade das operações do banco, no mercado nacional.

Em exclusivo ao Valor Económico, o PCA da Ensa, Carlos Duarte, além de sublinhar a continuidade das operações, “ainda que com outra marca comercial e outros investidores”, adianta que a seguradora pública não colocará as suas acções à venda.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.