CNE
Nos últimos dois anos

Governo aprovou 562,5 milhões de euros em garantias soberanas

ENDIVIDAMENTO. Linha do Deutsche Bank inaugurou as garantias soberanas. Aprovações começaram em 2021. Governo tinha prometido ‘lutar’ conta o desbloqueio do mecanismo, face ao objectivo da consolidação fiscal.

Governo aprovou 562,5 milhões de euros em garantias soberanas

O Governo de João Lourenço aprovou, até 12 de Julho deste ano, garantias do Estado que totalizam 562,5 milhões de euros, segundo cálculos do Valor Económico suportados por diários da República.

Os montantes aprovados até 12 de Julho são, na sua maioria, pela linha de crédito do Deutsche Bank, um mecanismo de rédito à importação/exportação, no âmbito de um acordo entre o Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), o Deutsche Bank (sucursal espanhola) e o Governo.

Para ler o artigo completo no Jornal em PDF, faça já a sua assinatura, clicando em ‘Assine já’ no canto superior direito deste site.