JLO DESTACOU INAUGURAÇÃO DA UNIDADE NO PARLAMENTO

Hotel Intercontinental sem horizonte de arranque

HOTELARIA. Gestão diz que tudo pode acontecer entre Novembro e Dezembro, mas sem datas precisas. Presidente da República mencionou o hotel entre as realizações de 2020, mas os 900 empregos prometidos pelo Presidente continuam uma miragem.

Hotel Intercontinental  sem horizonte de arranque

Ainda não há uma data fixa para a entrada em funcionamento do Hotel Intercontinental, inaugurado pelo Presidente João Lourenço, no ano passado, em Luanda, na esteira dos 45 anos da Independência Nacional. Fonte do grupo empresarial envolvido na gestão desta unidade hoteleira, com categoria de cinco estrelas, disse ao Valor Económico que “não há um dia certo”, remetendo a possível abertura ao público para Novembro ou Dezembro próximos. Ao mesmo tempo, garantiu estar já terminada a primeira fase do recrutamento de pessoal, apesar de não avançar o número de postos de trabalho inscritos. “Mesmo que a listagem e a triagem dos funcionários não estejam concluídas, o melhor é que os equipamentos para o arranque já estão montados”, asseverou a fonte. 

Por altura do discurso sobre o ‘estado da Nação’, João Lourenço referiu-se a esta unidade hoteleira como um dos marcos importantes da hotelaria.  “No domínio da hotelaria, destaca-se a inauguração do Hotel Intercontinental, na cidade de Luanda, garantindo emprego a jovens angolanos que se encontram em fase de formação”, referiu.

O Presidente não avançou mais detalhes, saltando, de seguida, para o turismo que, na sua óptica, se terá destacado com o lançamento da campanha promocional e de sensibilização ‘Juntos e todos pelo turismo’ e com a  reestruturação e promoção dos Pólos de Desenvolvimento Turístico do Cabo Ledo e da Bacia de Okavango, “definidas como prioridade”. Lourenço incluiu também nos destaques a assinatura, em Washington, EUA, do memorando de entendimento entre o Ministério do Turismo e o Africa Parks, “para a exploração e conservação dos parques do Luengue-Luiana e Mavinga, no Cuando Cubango”, com o objectivo de atrair o  turismo de safári e de observação de espécies raras de animais e de plantas existentes em Angola.

Em 2020, por altura da inauguração do Intercontinental, no Miramar, o Presidente anunciou que o hotel deveria garantir cerca de 900 empregos. Acabaram, contudo, por ser disponibilizadas apenas 85 vagas para a fase inicial, com a garantia de mais 150 no arranque. Estas vagas resultariam da inscrição na base de dados de 23.872 candidatos, tendo sido seleccionados 3.597 interessados. Os processos seguintes seriam também anunciados, o que, no entanto, ainda não aconteceu.

O Hotel Intercontinental de Luanda faz parte de uma marca de luxuosos hotéis, fundada pela Pan American World Airways, sob comando de Juan Trippe, e agora pertencente à InterContinental Hotels Group. A cadeia opera mais de 200 hotéis e resorts em aproximadamente 75 países. O grupo opera desde 1946, quando o primeiro hotel abriu em Belém, no Brasil.

X