Girabola Zap
Banco BAI
MAIS UM PROJECTO DO INE ATRASADO

Inquérito do desemprego só em 2017

TRABALHO. O objectivo do projecto é actulizar a informação sobre os níveis de emprego e desemprego no país.

 

O Instituto Nacional de Estatística (INE) prevê realizar até 2017 o ‘Inquérito de Emprego e Desemprego’, que estava previsto para o ano passado. O inquérito será feito por amostragem e os resultados poderão ser divulgados semestralmente.

A instituição encontra-se ainda numa fase de preparação, em que estão a ser elaborados os questionários e manuais para a realização de um inquérito piloto numa província por definir, segundo uma fonte do INE, que adiantou não haver nada de concreto. “Depois do inquérito piloto será feita a validação dos instrumentos, posteriormente far-se-á uma correção e atualização em função da realidade que o terreno nos mostrar”, adiantou. Enquanto isso, o secretário-geral da UNTA-CS, Manuel Viage, avança que 20 mil trabalhadores perderam o emprego até finais de Março, por causa da crise. As áreas mais afectadas são a da construção civil, da indústria, do comércio e serviços, “principalmente das micro e pequenas empresas”.

Os resultados definitivos do Censo da População e Habitação, divulgados no mês de Marco, revelaram que Angola tinha, até 2014, uma população activa de mais de 1,7 milhões de desempregados. A população mais afectada é composta de jovens entre os 15 e 24anos e representa cerca de 24%.

Além do inquérito do emprego e desemprego, o INE tinha marcado para o ano passado a realização do ‘Inquérito sobre Despesas e Receitas’, material essencial para actualização da base para o cálculo do Índice de Preços do Consumidor (IPC) e para as Contas Nacionais.

X