Promessa do Ministério das Obras Públicas

Meios abandonados nos parques do INEA serão recuperados

14 Apr. 2021 Economia / Política

MÁQUINAS. Fonte do Inea coloca governos provinciais entre os culpados pela degradação dos meios e lamenta por muitos estarem “paralisados por pequenas avarias”, fáceis de solucionar.

Meios abandonados nos parques do INEA serão recuperados

 

As máquinas que se encontram em estado de abandono, nos parques do Instituto Nacional de Estradas de Angola (Inea) na Filda e no KM 30, devem ser recuperadas este ano, no âmbito do programa de investimentos públicos, apurou o VALOR de fonte ministerial.

Imagens recentemente divulgadas nas redes sociais davam como novas e subaproveitadas dezenas de máquinas, entre retroescavadoras, cilindros e tractores, nos parques do Inea, mas fonte do Ministério das Obras Públicas e Ordenamento do Território (Minopot) assegura tratar-se de máquinas velhas e avariadas. “São problemas velhos, não vêm de hoje, são da antiga gestão”, refere, atribuindo o atraso na reparação dos meios à covid-19, que “fechou o mercado internacional desde o ano passado”.

Contrariando a fonte ministerial, outra fonte do Inea garante que, entre os meios que se encontram nos dois parques, há muitas máquinas e camiões novos que são retirados, às vezes, para destinos desconhecidos. “Às vezes vêm buscar, não sabemos o destino concreto”, explica, ao mesmo tempo que confirma, conforme denúncia pública, a pilhagem dos equipamentos, inclusive de peças e sobresselentes.

Garantindo que nem todas as máquinas são pertença do instituto, sendo que muitas seencontram apenas estacionadas nos seus parques, queixa-se do facto de muito de os meios terem avarias ligeiras, ao passo que outros tantos precisam apenas de troca de pneus e de combustível. E atira as culpas também aos governos provinciais que, muitas vezes, solicitam as máquinas e só as devolvem já avariadas e sem qualquer auxílio na reparação.

X