Girabola Zap
Banco BAI

Os 5 sectores-chave para investir em África

04 Feb. 2020 Valor Económico Gestão

MERCADOS. Pelo estágio de desenvolvimento dos seus mercados emergentes, continente berço está debaixo de olho dos maiores investidores a nível mundial, como a nova fronteira de investimento estratégico.

Os 5 sectores-chave  para investir em África

Aqui ficam as cinco indústrias mais promissoras e em que vale investir em África.  

1 Finanças Tecnológicas

As soluções de banca online vão cada vez mais contribuir para a literacia e inclusão financeira de milhões em comunidades até aqui à margem da banca tradicional. Há gigantes tecnológicos no continente que já criaram plataformas que por exemplo permitem aos agricultores visualizar os preços de mercado de diferentes produtos de modo a que possam ajustar a sua planificação de produção e outras que fornecem contas online que permitem o pagamento de utilitários e encomendas de básicos com recurso mínimo a documentos e burocracias.

2 Comércio Online

Enquanto nos mercados desenvolvidos o comércio online já se tornou incontornável chegando ultrapassando os 3,5 biliões de USD a nível mundial em 2019, com projecções a apontar para o duplicar desse valor até 2022, em África o uso mais reduzido das tecnologias e das plataformas de e-commerce prometem influenciar o desenvolvimento económico num futuro próximo. Á medida que os hábitos de consumo em África se vão diversificando e amadurecendo as vendas online vão ser cada vez mais o recurso para baixar custos com estruturas físicas.

3 Transportes públicos

África, um continente com crescentes necessidades de urbanização e soluções de mobilidade que deem respostas ao rápido crescimento demográfico, é terreno fértil para investimentos no sector da transportação e mobilidade. Neste campo ainda serão de utilidade a empresas de análise estatística capazes de verificar as necessidades e equacionar os riscos de investimento de acordo com as características físicas, logísticas e políticas locais. Os transportes com vertentes tecnológicos, movidos a fontes alternativas de energia ou com outras soluções de poupança têm também futuro entre os africanos.

 4 Indústrias de Tecnologia e Informação 

O Ruanda lançou um programa nacional de promoção de tecnologias direcionado ao cultivo das tecnologias de informação entre os jovens ruandeses. Está nos planos a edificação de uma Silicon Valley africana e o investimento de países tecnologicamente desenvolvidos como Singapura já são uma realidade. África tem ainda muitos desafios e oportunidades no campo tecnológico que podem não requerer grandes investimento mas que poderão dar grandes ganhos a nível económico e social.    

5 Soluções de Saúde

O sector de saúde, que em África carece de investimentos substanciais, abre a porta a novas soluções que providenciem serviços alternativos e evolutivos com capacidade para eliminar distâncias e barreiras entre utentes e provedores. Um exemplo são as plataformas de telemedicina que oferecem a possibilidade de diagnósticos e sugestões de tratamento online e ligam comunidades remotas a médicos em qualquer outra localização.

X