APP VE
Ayoba-Yo

Petisco sul-africano entre as eleitas da Amazon

05 Nov. 2019 Valor Económico Gestão

INCENTIVO. Empresa do mais rico do mundo criou o concurso em Setembro e, entre os seis finalistas, está a empresa de emigrantes sul-africanos.

Petisco sul-africano entre as eleitas da Amazon

Depois de ter anunciado, em Setembro, o seu primeiro prémio para as pequenas empresas que são suas fornecedoras, a Amazon seleccionou os seus finalistas, entre os quais se destaca uma empresa que produz um petisco sul-africano, a carne seca conhecida por Biltong & Droewors.

A empresa é a Ayoba-Yo, foi criada em 2015 e é propriedade de uma família sul-africana que imigrou para os Estados Unidos em 2001. O petisco era a parte do país de origem que mais provocava saudades e passaram então a fazer todos os sábados, permitindo que amigos e vizinhos provassem. “Vivemos nos EUA há quase 18 anos e encontramos substitutos para a maioria das coisas que amamos, no entanto, não poderíamos viver sem a nossa amada carne”, lê-se na pagina oficial da empresa onde também sublinham que “o que começou como um ‘hobby’ de sábado de manhã entre pai e filhos rapidamente se transformou em Ayoba-Yo”. 

Segundo os irmãos (Wian e Emile) van Blommestein, membros fundadores da empresa, “o negócio foi autofinanciado e, até muito recentemente, todos os rendimentos das vendas foram reinvestidos o que significa que não há salário”. E adiantam que a estratégia tem passado pelo foco nos clientes já conquistados. “Contamos com o apoio da nossa comunidade local e da comunidade sul-africana nos EUA. Desde então, aumentamos nossa base de clientes, mas o importante é encontrar um nicho de clientes e investir tempo e esforço na conexão com eles. Eles tornar-se-ão os seus maiores advogados e ajudarão a sua empresa a crescer organicamente, sem ter de investir muito dinheiro em marketing desde o início”, observam.

Segundo ainda os fundadores, estão apostados em aumentar a “consciencialização” da marca e a “lealdade” do cliente da Ayoba-Yo, sobretudo, devido à concorrência existente no negócio de lanches de carne. 

A Amazon criou o prémio com o objectivo de mostrar o que as pequenas empresas mais bem-sucedidas estão a fazer para servirem de modelo para que outras possam aprender. Serão premiadas três categorias: empresa do ano, empresa do ano dirigida por uma mulher e empresa do ano dirigida por alguém com menos de 30 anos. O vencedor de cada uma das categorias receberá um pacote de prémio avaliado em 80 mil dólares, em que estarão incluídos um pacote de créditos de publicidade de pesquisa na Amazon e suporte promocional, assim como uma viagem à sede da Amazon em Seattle. 

A Ayoba-Yo concorre para a categoria empresa do ano.