CNE
DEPOIS DA PANDEMIA

Trabalhadores que trocaram de emprego tiveram aumento de 10% no salário

03 Aug. 2022 Valor Económico Gestão

Emprego. Como efeito da pandemia, trabalhadores americanos que trocaram de empregos entre 2021 e o primeiro trimestre deste ano tiveram um aumento nos seus salários.

Trabalhadores que trocaram de emprego tiveram aumento de 10% no salário

Um relatório do Pew Research Center descobriu que 60% dos trabalhadores que mudaram de emprego, entre Abril de 2021 e Março deste ano, relataram um aumento em seus salários, ajustados pela inflação, significativamente mais do que os 51% dos que mudaram de emprego que disseram ter visto aumentado o salário ganhos no ano anterior. 

Durante o segundo ano da pandemia, de acordo com a análise do Pew Research Center que resulta de uma pesquisa feita a 6.174 adultos norte-americanos, metade dos trabalhadores que mudaram de emprego viram os seus salários aumentarem quase 10%. A pesquisa indica que o trabalhador mediano que ficou parado teve uma perda ajustada à inflação de quase 2%.

O relatório, divulgado no passado dia 28 de Julho, avança, no caso dos trabalhadores que permaneceram com os seus empregadores, a parcela que relatou aumento nos ganhos reais dos salários caiu de 54% para 47% no mesmo período.

Durante a pesquisa, ao analisar os dados do governo, descobriu-se ainda que 2,5% dos trabalhadores, em média, deixaram os seus empregos todos os meses no primeiro trimestre de 2022, uma taxa que, segundo o relatório, sugere que cerca de 50 milhões de trabalhadores podem mudar de emprego este ano.

o inquérito aos adultos norte-americanos também descobriu que trabalhadores negros e hispânicos, jovens adultos e os que não possuem diploma de ensino médio eram mais propensos a mudar de emprego em um determinado mês, bem como que cerca de metade dos que mudam de emprego também mudam de indústria ou ocupação em um período típico. 

Numa outra pesquisa publicada em Abril com 2.064 adultos norte-americanos que começaram um novo emprego nos últimos seis meses, a equipe de Pollak na ZipRecruiter descobriu que 69% dos novos contratados que deixaram voluntariamente os seus empregos antigos também acabaram com um salário mais alto nos novos empregos. Enquanto a maioria dos trabalhadores que deixaram os seus empregos em 2021 o fizeram por salários mais altos, outros renunciaram principalmente para escapar do esgotamento, que as pesquisas mostram que atingiu mais da metade dos trabalhadores americanos.

A agressividade do Sistema de Reserva Federal dos Estados Unidos (Fed) e a incerteza na Ucrânia e outros factores alimentaram temores de uma recessão, o que acelerou as demissões nas áreas das tecnologia. A Shopify perdeu cerca de 10% da sua força de trabalho no final do mês passado, por exemplo, e o financiamento de capital de risco para startups diminuiu. Mas os empregadores dos EUA criaram 11,3 milhões de empregos em Maio. A taxa, embora abaixo dos meses anteriores, excede a norma pré-pandemia.