Anúncio de subscrição
De acordo com análise da Ookla

Unitel é a rede móvel mais rápida da África Central

06 Apr. 2022 Mercado & Finanças

TELECOMUNICAÇÕES. Operadora angolana é a primeira a nível de África a ser premiada por apresentar “melhor conectividade” pela Ookla.

 

Unitel é a rede móvel mais rápida da África Central

A Unitel, a maior operadora angolana de telefonia, foi a rede móvel mais rápida da África Central no terceiro e quarto trimestres do ano passado, de acordo com análises da Ookla avançadas ao Valor Económico, baseadas nos dados do Speedtest.

“Temos o prazer de premiar a Unitel com este prémio. Esse reconhecimento é uma prova de seu desempenho excepcional no terceiro e quarto trimestres de 2021, com base na análise rigorosa da Ookla de testes iniciados pelo consumidor realizados com o Speedtest”, anuncia a líder mundial em inteligência de rede e insights de conectividade.

É a primeira vez que uma operadora da região da África Central é premiada pela “excepcional conectividade” pela Ookla, detida pela Ziff Davis, empresa de mídia digital e internet, dos Estados Unidos.

A distinção surge numa altura em que a Unitel tem registado diversos distúrbios nos serviços, com realce para a internet e chamadas. Os frequentes problemas que se agravaram este ano levaram o regulador, Inacon, a convocar e advertir a direcção da operadora a resolvê-los “com celeridade”. Esta, por sua vez, comprometeu-se a fazê-lo “em breve espaço de tempo”, contudo, dias depois, numa conferência de imprensa, na sequência de mais um ‘apagão’ na rede de quase cinco horas, a operadora atribuiu culpas a um possível ataque informático. Ainda assim, prometeu resolver o problema, avisando que não seria superado “tão rápido”.

De acordo com a consulta feita por este jornal ao site da Ookla, Angola ocupa, desde Fevereiro do ano em curso, a posição 137, com 12.37 Mbps (megabit por segundo/ usado para medir a velocidade da internet), a nível da conexão em banda larga fixa. É superada a nível do continente africano pela África do Sul, na posição 99, com 30.69 Mbps, Gana, na posição 103, 26.45 com Mbps, e o vizinho Congo, na 130ª posição, com 13.95 Mbps. A nível dos países africanos de língua portuguesa, Angola é superada por Cabo Verde, no posto 124, com 17.07 Mbps. O país acaba, entretanto, por ficar melhor posicionado em relação à Nigéria, na 141ª posição, com 10.39 Mbps. A lista é comandada pelo Chile.

Quanto à conectividade móvel, o país fica melhor colocado em 77º lugar, com 23.30 Mbps, melhor que o Brasil, na posição 78, com 23.28 Mbps, e a Rússia, 92, com 18.96 Mbps. Em África, somente é superado pela África do sul, 56, com 32.26 Mbps, Marrocos, na 64ª posição, com 27.77 Mbps, e a Etiópia, 23.33 Mbps.