UM FATO À MEDIDA QUE PODE SAIR CARO

Vantagens e desvantagens do ‘private banking’

18 Nov. 2020 Valor Económico Gestão

FINANÇAS. O banking privado ou banca personalizada tem vantagens óbvias para quem pode ter acesso a este serviço premium reservado a clientes com grandes depósitos. O valor em depósito que qualifica o cliente para o serviço de private banking varia de acordo com as directrizes das instituições sendo que há instituições só dedicadas ao serviço premium e outros bancos comerciais com departamentos dedicados aos clientes de alta liquidez e a prestar um serviço customizado, um fato à medida das necessidades do cliente. Mas o private banking não é sem as suas desvantagens, conheça os dois lados da moeda.

Vantagens e desvantagens do ‘private banking’

Vantagens

Atenção especializada – O seu gestor no private será o seu contacto com o banco e vai conhecer as suas necessidades e o estatuto da sua conta, bem como vai poder aconselhá-lo sobre que movimentos fazer para a maximizar. O contacto é directo, não há filas e muitos gestores, dependendo do valor dos clientes, trabalharam fora de horas e fins-de-semana à distância de um telefonema.

Descontos e bónus – Muitos bancos neste segmento oferecem incentivos para fidelizar os clientes mais valiosos, e esses incentivos variam desde descontos em taxas de reembolso para créditos ou restituição de taxas de conversão de divisas que beneficiam quem viaja muito ou mesmo ofertas de ingressos para eventos do interesse do cliente premium.

Apoio empresarial especializado – Se a sua conta for de empresa no private banking poderá ter direito a um gestor com especialização e capacitado para potenciar o seu negócio. O seu gestor personalizado poderá aconselhá-lo quanto a investimentos futuros e vantagens disponíveis para o seu ramo de negócio.

Desvantagens

Baixo retorno em poupanças – O private banking requer depósitos chorudos em contas de poupança, no entanto muitas vezes paga taxas de juro mais baixas se comparadas a contas poupança da banca comercial clássica. Uma diferença de 0,1% pode não ser significativa para uma conta poupança regular, mas levar à perda de milhares se se tratar de uma conta de depósitos muito elevados. Antes de se mudar para o private banking considere as vantagens que vai receber com descontos e bónus com o yield (ganhos gerados) que poderia receber em taxas de juro noutros bancos.

Custos de manutenção elevados – o private banking tem tipicamente custos de manutenção e gestão mais elevados do que a banca regular, particularmente se a instituição se direcciona só a este segmento e tem custos de estrutura que não pode diluir noutros como a banca regular. Nem sempre os custos do fato à medida estão completamente visíveis e em muitos casos só através de uma comparação aturada entre instituições poderá poupar dinheiro. Antes de abrir uma conta com serviço especializado considere todos os custos, inclusive, os de oportunidade de ganhar mais com taxas ou pagar menos com custas de gestão.

Poucas dependências – Esta pode não ser uma desvantagem muito considerável para quem está acostumado a trabalhar e usufruir de serviços à distância, mas a falta de dependências pode ser problemática para o cliente habituado a um serviço mais face a face com pouca intervenção tecnológica. O private banking não tem muitas dependências porque o serviço que oferece é destinado a poucos, sendo a aposta na presença física geralmente limitada a poucos balcões em cidades grandes com menor estrutura que a banca regular. 

X