Sem Autor

Sem Autor

Cinco dos seis partidos que integram a Coligação Ampla de Salvação Nacional - Coligação Eleitoral (CASA - CE) decidiram hoje, 26, demitir o líder Abel Chivikuvuku, tendo nomeado em substituição André Mendes de Carvalho ‘Miau’.

 

CONCERTAÇÃO. Prelectores nacionais e internacionais e players do sector do comércio vão travar debate sobre mecanismo de compras internacionais através de cartas de crédito. Importância, vantagens e o compliance das operações integram lista de temas a serem debatidos.

 

A Assembleia Nacional aprovou esta quinta-feira a proposta de Lei do Código do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), que deverá entrar em vigor em em Julho deste ano.

027f4f3ff 98c4 4e6b 835c 3ce376b79d57 1

O diploma legal, aprovado com 166 votos a favor, nenhum contra e apenas uma abstenção, tem a taxa única de 14% e substitui o ainda em vigor Imposto de Consumo, de 10%, bem como ajusta o Imposto de Selo.

O Governo justificou a implementação do IVA no país para dar maior justiça e neutralidade na tributação do consumo, por forma a adaptar a tributação da despesa à nova realidade económica e social do país, bem como potenciar a arrecadação de receitas públicas.

A implementação do IVA visa ainda combater a evasão e fraude fiscal e o enquadramento gradual da economia informal.

O imposto será aplicado, numa primeira fase, aos grandes contribuintes, mas os que tenham a contabilidade organizada e condições informáticas adequadas também podem aderir.

Na sessão plenária foram igualmente aprovadas as propostas de Lei de Alteração ao Código de Imposto sobre os Rendimentos de Trabalho e de Alteração ao Código do Imposto Industrial, a Lei sobre Organização, Exercício e Funcionamento das Actividades de Comércio Ambulante, Feirante e de Bancada de Mercado e de Base das Privatizações.

X