CNE

E agora pergunto eu...

03 Aug. 2022 Geralda Embaló Opinião
E agora pergunto eu...

Enquanto Angola fez manchete mundial novamente na semana que passou pela descoberta do maior diamante rosa dos últimos 300 anos, diamantes que continuam a brotar do solo angolano sem qualquer benefício para as populações locais, a Bloomberg anunciou que os resultados de uma pesquisa feita junto de economistas e analistas de topo aponta para que a probabilidade de uma nova recessão nos EUA seja de 47,5% - em junho era de 30% - o que significa que o pessimismo aumentou. Já antes disso um dos economistas mais respeitados da praça mundial professor da universidade de Harvard e que conta cargos no curriculum como a liderança da equipa de economistas do Fundo monetário internacional, Kenneth Rogoff escreveu um artigo alarmante sobre a probabilidade de uma recessão triplamente devastadora da economia mundial em que, para além dos EUA, a China irá entrará em recessão e a Europa também, sendo que as recessões de cada uma das ‘powerhouses’ da economia mundial iria contribuir para arrastar as outras consigo. A China influenciada pelas medidas anticovid que estão a flagelar a economia e o consumo, os EUA a braços com picos de inflação e a Europa com a inflação e com a guerra que está a desfigurar a economia europeia com perspectivas de piorar no inverno quando o gás russo começar a fazer ainda mais falta...

Para ler o artigo completo no Jornal em PDF, faça já a sua assinatura, clicando em ‘Assine já’ no canto superior direito deste site.

Geralda Embaló

Geralda Embaló

Directora-geral adjunta do Valor Económico